Saturday, May 28, 2016

Luís Vaz de Camões - Soneto 01 - Enquanto Quis Fortuna Que Tivesse



Luís Vaz de Camões - Soneto 01 - Enquanto Quis Fortuna Que Tivesse




Luís Vaz de Camões - Soneto 01 - Enquanto Quis Fortuna Que Tivesse


Enquanto quis Fortuna que tivesse
Esperança de algum contentamento,
O gosto de um suave pensamento
Me fez que seus efeitos escrevesse.

Porém, temendo Amor que aviso desse
Minha escritura a algum juízo isento,
Escureceu-me o engenho co tormento,
Para que seus enganos não dissesse.

Ó vós que Amor obriga a ser sujeitos
A diversas vontades! Quando lerdes
Num breve livro casos tão diversos,

Verdades puras são, e não defeitos...
E sabei que, segundo o amor tiverdes,
Tereis o entendimento de meus versos!





Links


Sanderlei Silveira

Obra completa de Machado de Assis

Machado de Assis - Dom Casmurro

Machado de Assis - Quincas Borba

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

O Diário de Anne Frank

Educação Infantil

Bíblia Online

História e Geografia

Casa do Sorvete

Sanderlei Silveira

Conheça seu Estado - História e Geografia

Poesia em Português, Inglês, Espanhol e Francês

Santa Catarina - História e Geografia

Paraná - História e Geografia

Mato Grosso do Sul - História e Geografia

São Paulo - História e Geografia

Mário de Andrade - Macunaíma

Adolf Hitler - Mein Kampf

Adolf Hitler - Mein Kampf Download

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

Machado de Assis - Esaú e Jacó

Elizabeth Barrett Browning - Sonnet 43 - How Do I Love Thee?

Revisão de Inglês em 2 Horas - Básico e Intermediário

O espaço geográfico e sua organização

Biomas brasileiros

As festas populares no estado de São Paulo

Augusto dos Anjos - Vandalismo

Gonçalves Dias - Marabá

O Diário de Anne Frank - Download

Assalto - Carlos Drummond de Andrade

Os símbolos do estado e do município (SP)

Developer - Treinamento, Manuais, Tutoriais

TOTVS - Datasul - Progress - EMS2

Friday, May 27, 2016

Amado Nervo - Bonsoir




Amado Nervo - Bonsoir




Amado Nervo - Bonsoir


"¡Donc bon soir, mon mignon et a demain!"

( Palabras que Ana me dejó escritas una noche
en que tuvimos que separarnos. )

¡Buenas noches, mi amor, y hasta mañana!
Hasta mañana, sí, cuando amanezca,
y yo, después de cuarenta años
de incoherente soñar, abra y estriegue
los ojos del espíritu,
como quien ha dormido mucho, mucho,

y vaya lentamente despertando,
y, en una progresiva lucidez,
ate los cabos del ayer de mi alma
( antes de que la carne la ligara )
y del hoy prodigioso
en que habré de encontrarme, en este plano

en que ya nada es ilusión y todo
es verdad...
¡Buenas noches, amor mío,
buenas noches! Yo quedo en las tinieblas
y tú volaste hacia el amanecer...
¡Hasta mañana, amor, hasta mañana!

Porque, aun cuando el destino
acumulara lustro sobre lustro
de mi prisión por vida, son fugaces
esos lustros; sucédense los días
como rosarios, cuyas cuentas magnas
son los domingos...

Son los domingos, en que, con mis flores
voy invariablemente al cementerio
donde yacen tus formas adoradas.
¿Cuántos ramos de flores
he llevado a la tumba? No lo sé.
¿Cuántos he de llevar? Tal vez ya pocos.

¡Tal vez ya pocos! ¡Oh, que perspectiva
deliciosa!
¡Quizás el carcelero
se acerca con sus llaves resonantes
a abrir mi calabozo para siempre!
¿Es por ventura el eco de sus pasos

el que se oye, a través de la ventana,
avanzar por los quietos corredores?
¡Buenas noches, amor de mis amores!
Hasta luego, tal vez..., o hasta mañana.

Amado Nervo, pseudônimo de Juan Crisóstomo Ruiz de Nervo

(1870—1919) foi um poeta mexicano.







Links


Sanderlei Silveira

Obra completa de Machado de Assis

Machado de Assis - Dom Casmurro

Machado de Assis - Quincas Borba

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

O Diário de Anne Frank

Educação Infantil

Bíblia Online

História e Geografia

Casa do Sorvete

Sanderlei Silveira

Conheça seu Estado - História e Geografia

Poesia em Português, Inglês, Espanhol e Francês

Santa Catarina - História e Geografia

Paraná - História e Geografia

Mato Grosso do Sul - História e Geografia

São Paulo - História e Geografia

Mário de Andrade - Macunaíma

Adolf Hitler - Mein Kampf

Adolf Hitler - Mein Kampf Download

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

Machado de Assis - Esaú e Jacó

Elizabeth Barrett Browning - Sonnet 43 - How Do I Love Thee?

Revisão de Inglês em 2 Horas - Básico e Intermediário

O espaço geográfico e sua organização

Biomas brasileiros

As festas populares no estado de São Paulo

Augusto dos Anjos - Vandalismo

Gonçalves Dias - Marabá

O Diário de Anne Frank - Download

Assalto - Carlos Drummond de Andrade

Os símbolos do estado e do município (SP)

Developer - Treinamento, Manuais, Tutoriais

TOTVS - Datasul - Progress - EMS2

Thursday, May 26, 2016

Luís Vaz de Camões - Soneto 42 - Amor, que o Gesto Humano Nalma Escreve



Luís Vaz de Camões - Soneto 42 - Amor, que o Gesto Humano Nalma Escreve




Luís Vaz de Camões - Soneto 42 - Amor, que o Gesto Humano Nalma Escreve


Amor, que o gesto humano n'alma escreve,
Vivas faíscas me mostrou um dia,
Donde um puro cristal se derretia
Por entre vivas rosas e alva neve.

A vista, que em si mesma não se atreve,
Por se certificar do que ali via,
Foi convertida em fonte, que fazia
A dor ao sofrimento doce e leve.

Jura Amor que brandura de vontade
Causa o primeiro efeito; o pensamento
Endoudece, se cuida que é verdade.

Olhai como Amor gera, num momento
De lágrimas de honesta piedade,
Lágrimas de imortal contentamento.







Links


Sanderlei Silveira

Obra completa de Machado de Assis

Machado de Assis - Dom Casmurro

Machado de Assis - Quincas Borba

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

O Diário de Anne Frank

Educação Infantil

Bíblia Online

História e Geografia

Casa do Sorvete

Sanderlei Silveira

Conheça seu Estado - História e Geografia

Poesia em Português, Inglês, Espanhol e Francês

Santa Catarina - História e Geografia

Paraná - História e Geografia

Mato Grosso do Sul - História e Geografia

São Paulo - História e Geografia

Mário de Andrade - Macunaíma

Adolf Hitler - Mein Kampf

Adolf Hitler - Mein Kampf Download

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

Machado de Assis - Esaú e Jacó

Elizabeth Barrett Browning - Sonnet 43 - How Do I Love Thee?

Revisão de Inglês em 2 Horas - Básico e Intermediário

O espaço geográfico e sua organização

Biomas brasileiros

As festas populares no estado de São Paulo

Augusto dos Anjos - Vandalismo

Gonçalves Dias - Marabá

O Diário de Anne Frank - Download

Assalto - Carlos Drummond de Andrade

Os símbolos do estado e do município (SP)

Developer - Treinamento, Manuais, Tutoriais

TOTVS - Datasul - Progress - EMS2

Wednesday, May 25, 2016

Luís Vaz de Camões - Soneto 14 - Esta o Lascivo e Doce Passarinho



Luís Vaz de Camões - Soneto 14 - Esta o Lascivo e Doce Passarinho




Luís Vaz de Camões - Soneto 14 - Esta o Lascivo e Doce Passarinho


Está o lascivo e doce passarinho
Com o biquinho as penas ordenando;
O verso sem medida, alegre e brando,
Despedindo no rústico raminho.

O cruel caçador, que do caminho
Se vem calado e manso desviando,
Com pronta vista a seta endireitando,
Lhe dá no Estígio lago eterno ninho.

Desta arte o coração, que livre andava,
(posto que já de longe destinado)
Onde menos temia, foi ferido.

Porque o frecheiro cego me esperava,
Para que me tomasse descuidado,
Em vossos claros olhos escondido.





Links


Sanderlei Silveira

Obra completa de Machado de Assis

Machado de Assis - Dom Casmurro

Machado de Assis - Quincas Borba

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

O Diário de Anne Frank

Educação Infantil

Bíblia Online

História e Geografia

Casa do Sorvete

Sanderlei Silveira

Conheça seu Estado - História e Geografia

Poesia em Português, Inglês, Espanhol e Francês

Santa Catarina - História e Geografia

Paraná - História e Geografia

Mato Grosso do Sul - História e Geografia

São Paulo - História e Geografia

Mário de Andrade - Macunaíma

Adolf Hitler - Mein Kampf

Adolf Hitler - Mein Kampf Download

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

Machado de Assis - Esaú e Jacó

Elizabeth Barrett Browning - Sonnet 43 - How Do I Love Thee?

Revisão de Inglês em 2 Horas - Básico e Intermediário

O espaço geográfico e sua organização

Biomas brasileiros

As festas populares no estado de São Paulo

Augusto dos Anjos - Vandalismo

Gonçalves Dias - Marabá

O Diário de Anne Frank - Download

Assalto - Carlos Drummond de Andrade

Os símbolos do estado e do município (SP)

Developer - Treinamento, Manuais, Tutoriais

TOTVS - Datasul - Progress - EMS2

Tuesday, May 24, 2016

Luís Vaz de Camões - Soneto 145 - Vencido Esta de Amor Meu Pensamento




Luís Vaz de Camões - Soneto 145 - Vencido Esta de Amor Meu Pensamento





Luís Vaz de Camões - Soneto 145 - Vencido Esta de Amor Meu Pensamento


Vencido está de Amor meu pensamento
O mais que pode ser vencida a vida,
Sujeita a vos servir e instituída,
Oferecendo tudo a vosso intento.

Contente deste bem, louva o momento,
Ou hora em que se viu tão bem perdida;
Mil vezes desejando assim ferida,
Outra vez renovar seu perdimento.

Com esta pretensão está segura
A causa que me guia nesta empresa,
Tão sobrenatural, honrosa e alta.

Jurando não querer outra ventura,
Votando só por vós rara firmeza,
Ou ser no vosso amor achado em falta.




Links


Sanderlei Silveira

Obra completa de Machado de Assis

Machado de Assis - Dom Casmurro

Machado de Assis - Quincas Borba

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

O Diário de Anne Frank

Educação Infantil

Bíblia Online

História e Geografia

Casa do Sorvete

Sanderlei Silveira

Conheça seu Estado - História e Geografia

Poesia em Português, Inglês, Espanhol e Francês

Santa Catarina - História e Geografia

Paraná - História e Geografia

Mato Grosso do Sul - História e Geografia

São Paulo - História e Geografia

Mário de Andrade - Macunaíma

Adolf Hitler - Mein Kampf

Adolf Hitler - Mein Kampf Download

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

Machado de Assis - Esaú e Jacó

Elizabeth Barrett Browning - Sonnet 43 - How Do I Love Thee?

Revisão de Inglês em 2 Horas - Básico e Intermediário

O espaço geográfico e sua organização

Biomas brasileiros

As festas populares no estado de São Paulo

Augusto dos Anjos - Vandalismo

Gonçalves Dias - Marabá

O Diário de Anne Frank - Download

Assalto - Carlos Drummond de Andrade

Os símbolos do estado e do município (SP)

Developer - Treinamento, Manuais, Tutoriais

TOTVS - Datasul - Progress - EMS2

Monday, May 23, 2016

Luís Vaz de Camões - Soneto 125 - Este Amor que vos Tenho, Limpo e Puro



Luís Vaz de Camões - Soneto 125 - Este Amor que vos Tenho, Limpo e Puro







Luís Vaz de Camões - Soneto 125 - Este Amor que vos Tenho, Limpo e Puro


Este amor que vos tenho limpo e puro
De pensamento vil nunca tocado,
Em minha tenra idade começado
Tê-lo dentro nesta alma só procuro.

De haver nele mudança estou seguro,
Sem temer nenhum caso ou duro fado,
Nem o supremo bem, ou baixo estado,
Nem o tempo presente, nem futuro.

A bonina e a flor asinha passa;
Tudo por terra o inverno e estio deita;
Só para meu amor é sempre Maio.

Mas ver-vos para mim, Senhora, escassa,
E que essa ingratidão tudo me enjeita,
Traz este meu amor sempre em desmaio.








Links


Sanderlei Silveira

Obra completa de Machado de Assis

Machado de Assis - Dom Casmurro

Machado de Assis - Quincas Borba

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

O Diário de Anne Frank

Educação Infantil

Bíblia Online

História e Geografia

Casa do Sorvete

Sanderlei Silveira

Conheça seu Estado - História e Geografia

Poesia em Português, Inglês, Espanhol e Francês

Santa Catarina - História e Geografia

Paraná - História e Geografia

Mato Grosso do Sul - História e Geografia

São Paulo - História e Geografia

Mário de Andrade - Macunaíma

Adolf Hitler - Mein Kampf

Adolf Hitler - Mein Kampf Download

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

Machado de Assis - Esaú e Jacó

Elizabeth Barrett Browning - Sonnet 43 - How Do I Love Thee?

Revisão de Inglês em 2 Horas - Básico e Intermediário

O espaço geográfico e sua organização

Biomas brasileiros

As festas populares no estado de São Paulo

Augusto dos Anjos - Vandalismo

Gonçalves Dias - Marabá

O Diário de Anne Frank - Download

Assalto - Carlos Drummond de Andrade

Os símbolos do estado e do município (SP)

Developer - Treinamento, Manuais, Tutoriais

TOTVS - Datasul - Progress - EMS2

Sunday, May 22, 2016

Robert Burns - A Red, Red Rose



Robert Burns - A Red, Red Rose




Robert Burns - A Red, Red Rose


O my Luve's like a red, red rose,
That's newly sprung in June:
O my Luve's like the melodie,
That's sweetly play'd in tune.

As fair art thou, my bonie lass,
So deep in luve am I;
And I will luve thee still, my dear,
Till a' the seas gang dry.

Till a' the seas gang dry, my dear,
And the rocks melt wi' the sun;
And I will luve thee still, my dear,
While the sands o' life shall run.

And fare-thee-weel, my only Luve!
And fare-thee-weel, a while!
And I will come again, my Luve,
Tho' 'twere ten thousand mile!



Robert Burns - Uma rosa vermelha (PT)


O meu amor é como uma rosa vermelha,
Que acaba de florescer em Junho.
O meu amor é como uma melodia
Docemente tocada com harmonia.

Tão bela tu és, minha maravilhosa donzela,
Tão profundamente apaixonado eu estou
Que eu te amarei ainda, minha amada,
Até que todos os mares sequem.

Até que todos os mares sequem, minha amada.
E as rochas se fundam com o sol;
E eu te amarei ainda, minha amada,
Enquanto as areias da vida correrem.

Mas adeus, meu único amor,
Oh, adeus por algum tempo,
E eu regressarei, meu amor,
Ainda que dez mil léguas nos separem.

Robert Burns (1759–1796)

Foi um poeta Escocês.








Links


Sanderlei Silveira

Obra completa de Machado de Assis

Machado de Assis - Dom Casmurro

Machado de Assis - Quincas Borba

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

O Diário de Anne Frank

Educação Infantil

Bíblia Online

História e Geografia

Casa do Sorvete

Sanderlei Silveira

Conheça seu Estado - História e Geografia

Poesia em Português, Inglês, Espanhol e Francês

Santa Catarina - História e Geografia

Paraná - História e Geografia

Mato Grosso do Sul - História e Geografia

São Paulo - História e Geografia

Mário de Andrade - Macunaíma

Adolf Hitler - Mein Kampf

Adolf Hitler - Mein Kampf Download

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

Machado de Assis - Esaú e Jacó

Elizabeth Barrett Browning - Sonnet 43 - How Do I Love Thee?

Revisão de Inglês em 2 Horas - Básico e Intermediário

O espaço geográfico e sua organização

Biomas brasileiros

As festas populares no estado de São Paulo

Augusto dos Anjos - Vandalismo

Gonçalves Dias - Marabá

O Diário de Anne Frank - Download

Assalto - Carlos Drummond de Andrade

Os símbolos do estado e do município (SP)

Developer - Treinamento, Manuais, Tutoriais

TOTVS - Datasul - Progress - EMS2

Saturday, May 21, 2016

Luís Vaz de Camões - Soneto 58 - A Morte, que da Vida o no Desata



Luís Vaz de Camões - Soneto 58 - A Morte, que da Vida o no Desata





Luís Vaz de Camões - Soneto 58 - A Morte, que da Vida o no Desata


A Morte, que da vida o nó desata,
Os nós, que dá o Amor, cortar quisera
Com a ausência, que é sobre ele espada fera,
E com o tempo, que tudo desbarata.

Duas contrárias, que uma a outra mata,
A Morte contra o Amor junta e altera;
Uma é Razão contra a Fortuna austera,
Outra, contra a Razão, Fortuna ingrata.

Mas mostre a sua imperial potência
A Morte em apartar de um corpo a alma,
O Amor num corpo duas almas una;

Para que assim triunfante leve a palma
Da Morte Amor a grão pesar da ausência,
Do Tempo, da Razão e da Fortuna.



Links


Sanderlei Silveira

Obra completa de Machado de Assis

Machado de Assis - Dom Casmurro

Machado de Assis - Quincas Borba

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

O Diário de Anne Frank

Educação Infantil

Bíblia Online

História e Geografia

Casa do Sorvete

Sanderlei Silveira

Conheça seu Estado - História e Geografia

Poesia em Português, Inglês, Espanhol e Francês

Santa Catarina - História e Geografia

Paraná - História e Geografia

Mato Grosso do Sul - História e Geografia

São Paulo - História e Geografia

Mário de Andrade - Macunaíma

Adolf Hitler - Mein Kampf

Adolf Hitler - Mein Kampf Download

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

Machado de Assis - Esaú e Jacó

Elizabeth Barrett Browning - Sonnet 43 - How Do I Love Thee?

Revisão de Inglês em 2 Horas - Básico e Intermediário

O espaço geográfico e sua organização

Biomas brasileiros

As festas populares no estado de São Paulo

Augusto dos Anjos - Vandalismo

Gonçalves Dias - Marabá

O Diário de Anne Frank - Download

Assalto - Carlos Drummond de Andrade

Os símbolos do estado e do município (SP)

Developer - Treinamento, Manuais, Tutoriais

TOTVS - Datasul - Progress - EMS2

Wednesday, May 18, 2016

Luís Vaz de Camões - Soneto 42 - Amor, que o Gesto Humano Nalma Escreve



Luís Vaz de Camões - Soneto 42 - Amor, que o Gesto Humano Nalma Escreve





Luís Vaz de Camões - Soneto 42 - Amor, que o Gesto Humano Nalma Escreve


Amor, que o gesto humano n'alma escreve,
Vivas faíscas me mostrou um dia,
Donde um puro cristal se derretia
Por entre vivas rosas e alva neve.

A vista, que em si mesma não se atreve,
Por se certificar do que ali via,
Foi convertida em fonte, que fazia
A dor ao sofrimento doce e leve.

Jura Amor que brandura de vontade
Causa o primeiro efeito; o pensamento
Endoudece, se cuida que é verdade.

Olhai como Amor gera, num momento
De lágrimas de honesta piedade,
Lágrimas de imortal contentamento.




Links


Sanderlei Silveira

Obra completa de Machado de Assis

Machado de Assis - Dom Casmurro

Machado de Assis - Quincas Borba

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

O Diário de Anne Frank

Educação Infantil

Bíblia Online

História e Geografia

Casa do Sorvete

Sanderlei Silveira

Conheça seu Estado - História e Geografia

Poesia em Português, Inglês, Espanhol e Francês

Santa Catarina - História e Geografia

Paraná - História e Geografia

Mato Grosso do Sul - História e Geografia

São Paulo - História e Geografia

Mário de Andrade - Macunaíma

Adolf Hitler - Mein Kampf

Adolf Hitler - Mein Kampf Download

Machado de Assis - Memórias Póstumas de Brás Cubas

Machado de Assis - Esaú e Jacó

Elizabeth Barrett Browning - Sonnet 43 - How Do I Love Thee?

Revisão de Inglês em 2 Horas - Básico e Intermediário

O espaço geográfico e sua organização

Biomas brasileiros

As festas populares no estado de São Paulo

Augusto dos Anjos - Vandalismo

Gonçalves Dias - Marabá

O Diário de Anne Frank - Download

Assalto - Carlos Drummond de Andrade

Os símbolos do estado e do município (SP)

Developer - Treinamento, Manuais, Tutoriais

TOTVS - Datasul - Progress - EMS2